sexta-feira, 9 de abril de 2010

Beijo

Nenhuma boca
Beija outra boca
Como tua boca
Beija a minha,

Tua boca
Beija minha boca
Como só tua boca
O faz.

Nossas bocas
Se confundem,
Se emaranham,

Se misturam.
Tua boca é minha boca,
E (minha boca...) minha boca é tua.

FORTALEZA, 45 DE ABRIL DE 2010.
Arimatéia Moura Filho